Blog

Notícias
14 dezembro 2015

Almoço reúne artistas e equipe do Fest Aruanda na granja do governador

||
1 Comment
|

O governador Ricardo Coutinho recebeu, na manhã deste sábado (12), na granja Santana, a equipe de produção do Fest Aruanda. Cineastas, atores e jornalistas também participaram do encontro. O festival de cinema tem o apoio logístico do Governo da Paraíba e segue até 16 de dezembro.

“A Paraíba tem um papel fundamental na história do cinema brasileiro. Ao apoiarmos um evento de cinema a exemplo do Fest Aruanda, reforçamos o nosso compromisso com a promoção de nossa cultura e arte, que sempre foi uma preocupação constante nessa gestão”, comentou o governador Ricardo Coutinho. “Todos esses artistas, jornalistas e escritores, reconhecidos nacionalmente, reunidos aqui para discutir assuntos pertinentes da área cinematográfica, é um reconhecimento ao valor cultural da Paraíba”, acrescentou o governador.

O organizador do Fest Aruanda, jornalista Lúcio Vilar, ressaltou a importância da parceria com o Governo do Estado para a realização da décima edição do evento. “É um fato novo que reconfigurou uma série de coisas apesar das dificuldades orçamentárias. O Governo entrou com ações de logística, abrindo portas e janelas junto a setores que se envolveram com o festival”, afirmou. “O festival estava a um passo de ser cancelado. E a entrada, no circuito, do Governo do Estado, foi decisiva para a realização do evento”, acrescentou.

Estiveram presentes na Granja do Governador o cantor e compositor paraibano Geraldo Vandré; o jornalista e escritor Fernando Morais, autor do livro “Chatô, o Rei do Brasil”; o ator e diretor do filme “Chatô”, Guilherme Fontes; o ator Marcos Ricca, que fez o papel de Chateaubriand no cinema e o ator Lima Duarte. A vice-governadora Lígia Feliciano e o deputado federal Damião Feliciano também participaram do encontro, que contou ainda com jornalistas paraibanos e do Sudeste, que estão cobrindo o Fest Aruanda.

Artistas ressaltam importância cultural da PB – O ator Guilherme Fontes, diretor do filme “Chatô”, lançado em première paraibana na abertura do Fest Aruanda, destacou a importância de lançar o filme no Estado que Chateaubriand nasceu. “Era muito emblemático para nós lançar esse filme aqui. Nossa expectativa é que ele entre em cartaz em todos os cinemas de João Pessoa”, ressaltou.

Lima Duarte também falou sobre sua identificação cultural com a Paraíba. “A Paraíba me surpreende a cada dia, sempre mais e melhor desde 1962, quando estive no Teatro de Arena, fazendo revolução na América Latina, até hoje, com Chatô. Surpreende-me sua gente, seus costumes, sua cultura”, ressaltou.

Secom PB

|

1 Resposta

Deixe um Comentário

WordPress Video Lightbox