Paraíba sediará, pela primeira vez, Mostra Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

A Paraíba – João Pessoa e o município de Sousa – sediará, pela primeira vez, a mostra Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. A parceria foi firmada entre o Fest-Aruanda e a Academia Brasileira de Cinema que promove o evento que, esse ano, chega à 16ª edição, considerada a mais importante premiação da cinematografia nacional. São 18 longas-metragens finalistas, entre documentários (7), ficções (5) e estrangeiros (6).

Na capital, as sessões serão realizadas no Cine Aruanda (CCTA-UFPB), de 21 de agosto a 1º de setembro, em duas sessões diárias (às 16h30 e 19h00); em Sousa, no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB), de 23 de agosto ao dia 02 de setembro (às 15h e 19h). Todas as sessões serão gratuitas e têm a chancela do Fest-Aruanda através do Projeto de Extensão ‘Aruandando no Campus’ (Demid-UFPB) em parceria com o curso de Cinema e apoio do CCTA.

Cinco filmes estão na disputa ao tão almejado prêmio de Melhor longa-metragem de ficção: “Aquarius”, “Boi Neon”, “Elis”, “Mãe só há uma” e “Nise – O coração da loucura”. O longa-metragem “Elis”, de Hugo Prata, encabeça a lista de indicações (12), seguido de “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho (11) e “Boi Neon”, de Gabriel Mascaro (10). Ao todo, 35 longas e 18 curtas-metragens concorrem em 24 categorias. A cerimônia de premiação, que acontece no dia 5 de setembro (terça-feira), a partir das 20h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, tem apuração da PwC.

 

FILMES FINALISTAS

Melhor longa-metragem de ficção

AQUARIUS de Kleber Mendonça Filho. Produção: Emilie Lesclaux por Cinemascópio

BOI NEON de Gabriel Mascaro. Produção: Rachel Ellis por Desvia Produções

ELIS de Hugo Prata. Produção: Fabio Zavala e Hugo Prata por Bravura Cinematográfica Ltda

MÃE SÓ HÁ UMA de Anna Muylaert. Produção: Sara Silveira e Maria Ionescu por Dezenove Som e Imagens e Anna Muylaert por África Filmes

NISE – O CORAÇÃO DA LOUCURA de Roberto Berliner. Produção: Rodrigo Letier por TV Zero Cinema

 

MELHOR LONGA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO

CÍCERO DIAS, O COMPADRE DE PICASSO de Vladimir Carvalho. Produção: Vladimir Carvalho por Com Domínio Filmes

CINEMA NOVO de Eryk Rocha. Produção: Diogo Dahl por Coqueirão Pictures (Kino TV) e Eryk Rocha por Aruac Filmes

CURUMIM de Marcos Prado. Produção: Marcos Prado e José Padilha por Zazen Produções

EU SOU CARLOS IMPERIAL de Renato Terra e Ricardo Calil. Produção: Alexandre Rocha e Marcelo Pedrazzi por Afinal Filmes

MARIAS de Joana Mariani. Produção: Matias Mariani por Primo Filmes e Joana Mariani por Mar Filmes

MENINO 23 – INFÂNCIAS PERDIDAS NO BRASIL de Belisario Franca. Produção: Maria Carneiro da Cunha por Giros

QUANTO TEMPO O TEMPO TEM de Adriana L. Dutra. Produção: Claudia Dutra e Viviane Spinelli por Inffinitto

 

MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO

A CHEGADA/ Arrival – dirigido por Denis Villeneuve. Distribuição: Sony Pictures

A GAROTA DINAMARQUESA / The Danish Girl – dirigido por Tom Hooper. Distribuição: Universal Pictures

ANIMAIS NOTURNOS/ Nocturnal Animals – dirigido por Tom Ford. Distribuição: Universal Pictures

ELLE/ Elle – dirigido por Paul Verhoeven. Distribuição: Sony Pictures

O FILHO DE SAUL/ Son of Saul – dirigido por László Nemes, Distribuição: Sony Pictures

SPOTLIGHT – SEGREDOS REVELADOS / Spotlight – dirigido por Tom McCarthy. Distribuição: Sony Pictures

Deixe uma resposta