Sessão Especial

  • HOME
  • Mostras
  • Sessão Especial

A Mãe de Todas as Lutas (Sessão Especial Cinépolis)

A Mãe de Todas as Lutas (Sessão Especial Cinépolis)

Sinopse:

Uma narrativa que recorre à memória para vislumbrar um futuro de mudanças sob a ótica feminina. O filme acompanha a trajetória de Shirley Krenak e Maria Zelzuita, mulheres que estão na frente da luta pela terra no Brasil. Shirley traz a missão de honrar as mulheres e a sabedoria das Guerreiras Krenak, da região de Minas Gerais. Maria Zelzuita é uma das sobreviventes do Massacre de Eldorado dos Carajás, no Pará, e suas trajetórias nos ligam ao conceito da violência e apropriação do corpo feminino.

Ficha Técnica:

Direção: Susanna Lira
Autora da Obra Original: Susanna Lira
Produzido por: Susanna Lira e Tito Gomes
Diretora Assistente: Gretha Viana
Roteiro: Susanna Lira, Gretha Viana e Muriel Alves
Pesquisa de Personagem: Gretha Viana
Pesquisa de Imagens de Arquivo: Ítalo Rocha e Muriel Alves
Narração: Shirley Krenak
Produção Executiva: Susanna Lira e Lívia Nunes
Assistência de Produção: Gabriella Fischer e Nieves Rodrigues
Estagiária de Produção: Sofia Paschoal
Som Direto: Tito Gomes e Amilson Lessa Vieira
Direção de Fotografia: Cícero Pedrosa, Rafael Mazza e Mayangdi Inzaulgarat Suárez
Fotografia Adicional: Filipe Peçanha, Pedro Faerstein, San Marcelo
Drone: Vinicius Manta
Montagem: Ítalo Rocha
Auxiliar de Edição: Ana Luiza Chaves, João Parreira e Rafael Santana
Consultoria de Roteiro Maria Zelzuita: Jorge Pestana
Trilha Original: Flávia Tygel
Desenho de Som: Ítalo Rocha
Colorista: Glauco Guigon
Edição de Som e Mixagem: Tiago Picado
Design: Tito Gomes
Finalização: Ítalo Rocha

Elenco

Shirley Krenak e Maria Zelzuita

 

Diretora:

Susanna Lira é cineasta com pós graduação em Filosofia, Direito Internacional, Direitos Humanos e Biopolítica Criminal. Entre seus filmes mais recentes estão: A MÃE DE TODAS AS LUTAS, PRAZER EM CONHECER, TORRE DAS DONZELAS, MUSSUM, UM FILME DO CACILDIS, LEGÍTIMA DEFESA, INTOLERÂNCIA.DOC, CLARA ESTRELA, MEU CORPO É MAIS,  MATARAM NOSSOS FILHOS, NÃO SAIA HOJE, LEVANTE!, APÁTRIDAS,  DAMAS DO SAMBA, PORQUE TEMOS ESPERANÇA e POSITIVAS. Também dirigiu séries como: NÃO FOI MINHA CULPA para Disney Plus, OUTROS TEMPOS para a HBO, ROTAS DO ÓDIO para a Universal Channel , NÓS, DOCUMENTARISTAS para o Canal Curta, NÓS, FASHIONISTAS para a fashion TV, TÁ LIGADO para o Canal Futura, MULHERES DE AÇO, EM BUSCA DO PAI, SUPERBONITA e MULHERES EM LUTA para o GNT. Nos últimos três anos foi homenageada com mostras retrospectivas de sua obra nos seguintes festivais: Festival Internacional do cinema independente de Mar Del Plata (Argentina), Festival Tenemos que Ver (Montevidéu, Uruguai) e FEMCINE ( Santiago, Chile). 

 

 


Voltar