Notícias

Trajetória de Luiz Carlos Barreto é contada no 14º Fest Aruanda com o documentário “Barretão”

Trajetória de Luiz Carlos Barreto é contada no 14º Fest Aruanda com o documentário “Barretão”

Neste sábado (30), o filme a ser exibido dentro da Mostra Competitiva de Longas-Metragens é o documentário “Barretão”(RJ, 2019), de Marcelo Santiago. A película poderá ser vista na Sala 2 do Cinépolis Manaíra Shopping, às 21h, com entrada franca. O 14º Fest Aruanda do Audiovisual é um evento patrocinado pela Energisa Cultural, Cagepa e Armazém Paraíba, com o apoio institucional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

 

No filme, Marcelo conta a longa história de Luiz Carlos Barreto (o Barretão), um dos maiores produtores cinematográficos do Brasil. Começa por sua experiência de fotógrafo dos Diários Associados (em especial, da revista O Cruzeiro), passando pela de corroteirista de “Assalto ao Trem Pagador” (Roberto Farias, 1962) e de diretor de fotografia de “Vidas Secas” (Nélson Pereira dos Santos, 1963) e “Terra em Transe” (Glauber Rocha, 1967), até chegar à de produtor ou coprodutor de mais de 80 filmes, dois deles indicados ao Oscar de melhor produção estrangeira (“O Quatrilho”, de Fábio Barreto, e “O que É Isto, Companheiro?”, de Bruno, ambos na década de 1990).

 

O longa é baseado em longa entrevista realizada, em 2015, pelo jornalista e cineasta Geneton Moraes Neto (1956-2016) e fotografada por Walter Carvalho. Geneton e Santiago escreveram, juntos, o roteiro do filme. A ideia era mostrar o longo percurso do produtor e diretor de fotografia a partir dele mesmo, sem ouvir dezenas de depoimentos. Além dessa entrevista, “Barretão” é composto de muitas imagens de arquivo e dezenas de trechos de documentários produzidos (ou não), pelo cearense que se radicou no Rio de Janeiro em 1947 e quis ser jogador de futebol.

 

Mostras – À tarde, às 16h, dentro da Mostra Sob o Céu Nordestino (Sessão Homenageados), será exibido o longa “Jackson – Na Batida do Pandeiro”, de Marcus Vilar e Cacá Teixeira. Às 17h, no hall do cinema, teremos o lançamento da Revista Expectação – Itinerários Estéticos. Depois, seguem os filmes da Mostra Competitiva Sob o Céu Nordestino, com os curtas “Faixa de Gaza”, de Lúcio César Fernandes, e “Bolha”, de Odécio Antônio e Taciano Valério. Por fim, o longa “Frei Damião – O Santo do Nordeste”, de Deby Brennand.

 

No sábado também haverá a Sessão Aruandinha: Mostra de Dinema Infantil de Florianópolis (SC), a partir das 14h. Os filmes serão: “O menino cabeça-de-flor”, de Vanessa Heeger (BA); “Fábula da vó Itá”, de Joyce Prado e Thallita Oshiro (SP); “Os segredos do Rio Grande”, de Analúcia Godoi e os alunos do Projeto Animação (ES); “Lá do alto”, de Luciano Vidigal (RJ); “Pirilampo”, de Carlos Avalone (SP) e “Bá”, de Leandro Tadashi (SP). Às 16h, na Sessão Homenageados, o filme “Jackson – Na batida do pandeiro” (2019), de Marcus Vilar e Cacá Teixeira (PB).

 

As entradas para as mostras e sessões especiais do 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro são gratuitas, e devem ser retiradas com a organização do festival uma hora antes das exibições, no hall do Cinépolis Manaíra Shopping.

 

 

Serviço

14° Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro

Mostra Competitiva de Longas-Metragens

Dia 30/11: “Barretão” (DOC, 2019, 1h25, RJ), de Marcelo Santiago

Hora: 21h

Lugar: Cinépolis Manaíra Shopping, Sala 9


Voltar

Parceiros

Fortalecendo o cenário do audiovisual...
Viabilizado por :
Lei de Incentivo a Cultura

Patrocínio Master:
Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho
Energisa

Patrocínio :
Cagepa

Copatrocínio:
Cinepolis
Armazem Paraíba

Apoio Institucional:
DEMID
CCHLA

Apoio Cultural:
Empresa Paraibana de Comunicação
Tabajara
Jornal a União
fujope
Assembleia
secult
ADUF
TV Cabo Branco

Parcerias:
Usina Cultural
Café São Braz
Canal Brasil
Manaíra Shopping

Chancelado por:
UFPB